Foi aos cinco anos de idade que o chinês Luo Gong foi sequestrado da região de Sichuan e levado para Fujian, há aproximadamente 1500 km de distância.

E foi com a ajuda do Google Maps que ele reencontrou a família 23 anos depois.

Segundo relatos, Lou era jovem demais e apenas lembrava de duas pontes em sua cidade.

Após anos de procura, Lou encontrou um site dedicado à crianças desaparecidas.

Ao publicar sua história, um voluntário uniu as informações parecidas com as relatadas por seus familiares biológicos.

As fotos da cidade lhe remeteram a nostalgia da infância. Mas a certeza se deu somente pelo Google Maps, em que, no modo satélite, conseguiu identificar as duas pontes.

Lou voltou a morar com os pais biológicos. E ainda não se sabe se a família adotiva vai receber acusações de sequestro.