Uma empresa nada mais é do que uma fonte de capital para o futuro. O Instagram, por exemplo, antes mesmo de ser propriedade do Facebook, não gerava lucro algum, então, por que ele valia US$ 1 bilhão? De maneira simples, dois fatores foram fundamentais para essa expressiva quantidade de zeros.

Primeiro, o engajamento gerado pela rede social. A quantidade gigantesca de usuários que o Instagram alcançou foi o que o fez tão valioso. Imagine sua empresa tendo a possibilidade de alcançar tantas pessoas através de anúncios e o número de olhares voltados para sua marca ao mesmo tempo… Interessante, não acha? Tanto que hoje, após ser vendido para o Facebook e ter virado também uma ferramenta comercial, o Instagram passou a valer aproximadamente 35 bilhões de dólares.

Segundo, a projeção da empresa para o futuro. O valor de uma empresa é dado de acordo com a estimativa de lucro que ela pode trazer no futuro. Usando novamente o exemplo do Instagram, como uma empresa que não obtinha lucro pode valer tanto: Monetizando o engajamento dos usuários, ou seja, se você tem milhões de usuário e um projeto que mostra uma capacidade tendenciosa a ser lucrativo, esse projeto será avaliado e terá valor estimado equivalente.

social-media-763731_1280

E como tirar proveito desse mercado? Bom, fica claro aqui, que investir nas Redes Sociais gera resultados. Alcançar pessoas pelo boca a boca já não pode fazer parte do planejamento de uma empresa, agora as ferramentas estão todas à mesa possibiliando nada mais, nada menos, que um mundo a ser conquistado. O primeiro passo é entrar para as Redes Sociais, então gerar um conteúdo de qualidade, com embasamento em Planejamento de Marketing Digital e, claro, investir em anúncios para a sua marca.

Não perca tempo e invista na sua empresa, o grande lance de um empreendedor, é colocar sua empresa à frente da concorrência, de si mesmo e do mercado.