A proposta é que até 2016 a velocidade da internet no país seja multiplicada em até 8 vezes, tornando-se muito acima da média global. No ano passado o Brasil teve o tráfego mensal aproximado de 420 petabytes, e pretende em 2016 atingir 3.500 petabytes. Sendo que, um petabyte representa 1.024 Gbytes.
Cada brasileiro será responsável por volta de 43,4 Gbytes de tráfego mensais, com cerca de 617 milhões de dispositivos, entre computadores, smartphones e tablets.  Representando um crescimento de 620%.