40 Dicas e estratégias de marketing para médicos, construção de autoridade online, gestão de redes sociais e branding para médicos.

maio 10, 2021 | Blog, Marketing Digital, Marketing estratégico, Redes Sociais, Wordpress

Marketing para médicos pode ser um desafio! Afinal, como conciliar a rotina puxada do trabalho e dos estudos com a produção de conteúdo? Mas, com planejamento, é possível produzir conteúdo de qualidade, que engaje seus pacientes e traga mais pessoas para o seu consultório.

Por isso, preparamos uma lista com 40 dicas essenciais para médicos começarem a planejar a sua estratégia de marketing digital, e para ajudar criadores de conteúdo que trabalhem com a área de saúde. Mas, antes de começar…

Por que investir em marketing médico?

Marketing digital para médicos é uma excelente oportunidade para se posicionar nas novas dinâmicas entre médicos e pacientes. Antigamente, não havia muitos canais de comunicação além dos consultórios. Mas, agora, todos os dias as pessoas procuram sobre sintomas e tratamentos no Google e nas redes sociais.

Interagir com os pacientes nesse momento é fundamental para aumentar as oportunidades profissionais. Assim, o nome do médico ganha relevância e se torna conhecido, e o paciente lê informações qualificadas.

Alguns benefícios do marketing para médicos são:

  • Ajuda as pessoas a obter informações de qualidade
  • Aumenta confiança de pacientes no trabalho do médico
  • Posiciona o médico como autoridade em sua especialidade
  • Aumenta o número de pacientes
  • Fideliza pacientes atuais
  • Fortalecimento de marca pessoal ou de clínica
  • Aumento no número de determinados procedimentos

 

Alcançar esses (ou outros) objetivos depende de uma estratégia de marketing, que pode compreender várias ações diferentes. Aqui na Cronic, desenvolvemos conteúdo para redes sociais, YouTube, sites, entre outros materiais para ajudar nossos clientes a se destacarem no oceano de informações que é a internet. 

Seja com apoio profissional, ou por conta própria, é importante lembrar das características particulares do marketing médico antes de começar a colocar as mãos na massa.

Marketing médico: o que pode e o que não pode?

Conselho Federal de Medicina tem regulações próprias quanto à publicidade feita por e para médicos. Você deve ler o documento completo, disponível aqui, ou contar com uma equipe de criação que domine as regras. Mas, em resumo:

Não pode:

  • Fotos de antes e depois
  • Fotos de pacientes
  • Selfies com pacientes, mesmo com autorização deles
  • Participar em publicidade de qualquer tipo
  • Divulgar grupos em que pacientes postam fotos de resultados
  • Divulgar o preço de consultas
  • Anunciar aparelhagem superior 
  • Propaganda enganosa
  • Divulgar informações que alarmem a sociedade
  • Diagnosticar ou atender à distância – salvo casos de regulações específicas, como ocorrido durante a pandemia.

Pode:

  • Divulgar serviços
  • Postar sobre atendimentos em redes sociais
  • Fazer referência a equipamentos que utiliza
  • Fazer propaganda de títulos de especialista
  • Divulgar informações sobre sua especialidade em um blog.

Além disso, o CRM e CRQ devem estar em todas as publicações em redes sociais, sites, materiais gráficos utilizados em consultórios, catálogos, e outros materiais de divulgação.

“Nossa, mas não pode um monte de coisa!”. Sim, é verdade – o CFM é bastante direto em proibir que o marketing para médicos “venda” diretamente produtos, serviços, e principalmente resultados. Mas, o objetivo é garantir a integridade dos profissionais e dos pacientes. E, ainda assim, existem várias formas de alcançar bons resultados. Vamos a elas!

40 dicas de marketing para médicos

1 – Tenha uma identidade visual

É importante que todo o conteúdo digital gerado seja consistente e permita que seu público identifique facilmente que ele é seu. Por isso é importante ter uma identidade visual. Essa identidade não precisa ficar restrita ao digital, podendo estar presente em seu material gráfico também.

2 – Mostre sua cara

Na internet, pessoas se atraem por pessoas. Você tem muito mais chances de se conectar com o seu público se tirar fotografias ou vídeos durante o trabalho, em momentos de lazer. O importante é que elas sejam relevantes para o seu público, e respeitem as indicações do CFM.

3 – Crie um branding pessoal independente da clínica onde trabalha

Respeitando a ideia de um conteúdo humanizado, caso sua clínica já tenha identidade e conteúdo na internet, crie um personal branding (uma marca pessoal) independente dela.

4 – Desenvolva sua imagem e sua autoridade

Um conteúdo relevante e estratégico, aliado a um bom personal branding, faz com que o profissional passe a ser visto pelo público como autoridade no assunto.

5 – Evite conteúdo muito técnico 

A linguagem usada no seu conteúdo precisa ser acessível. Lembre-se que, independente do nível de instrução dele, seu público será composto em sua maioria por leigos. 

6 – Conheça seu público

É importante que seu conteúdo converse com o público e para isso é necessário que você conheça quem interage com aquilo que você publica. Trace um perfil do seu público-alvo através de características em comum de seus pacientes. 

7 – Tenha um site

Por mais importante que seja a utilização das redes sociais, ter um site é uma ferramenta poderosa para alcançar pacientes em potencial, pois abre um leque de possibilidades. Seus clientes podem te conhecer melhor, você pode escrever um blog para divulgar informações ou esclarecer dúvidas frequentes sobre procedimentos, por exemplo.

8 – Crie um formulário de Newsletter em seu site

Tenha em seu site um formulário que permita que o visitante deixe seu e-mail para receber conteúdo. 

9 – E-mail marketing é uma ótima ferramenta, faça uso dela

Envie conteúdo específico do interesse do seu público diretamente para sua caixa de e-mail e mantenha-o informado das novidades.

10 – Integre suas suas captações de dados de contato com um CRM

Não confunda: CRM nesse caso significa Client Relationship Management e se refere a plataformas que permitem organizar seus clientes e clientes em potencial. Quando se fala em marketing para médicos, é importante se organizar para que contatos que chegam pelo digital sejam tratados por sua equipe de atendimento da melhor forma possível. 

11 – Faça inbound marketing

Crie conteúdo que faça seu público ir até você e encontrar você por conta própria, utilizando as palavras-chave corretas. Por exemplo, se você é um cirurgião plástico, pode criar conteúdos com as palavras-chave “lipoaspiração”, para que as pessoas encontrem o seu site.

12 – Tenha um blog

Para o inbound marketing, é essencial que seu site tenha uma seção de blog. É a partir dele que médicos se posicionam como autoridade em algum assunto.

13 – Crie conteúdos de blog relevantes para seu público

O conteúdo do seu blog deve ser interessante para seu público. Procure publicar textos alinhados com as principais dúvidas e temas de interesse do público. Além disso, escreva sobre tópicos bastante pesquisados no Google.

14 – Utilize o Google Trends para saber o que seu público procura

A ferramenta é extremamente útil para saber o que as pessoas estão buscando no Google. 

15 – Crie conteúdo informativo, que explique temas, doenças e procedimentos que envolvam sua área de especialização

Se você for realmente prestativo para uma pessoa com informações em seu site ou redes sociais, quando ela precisar ir ao médico, vai se lembrar do seu nome! 

Vamos construir a sua autoridade no assunto?

16 – Tenha um Google Meu Negócio

Ele é uma espécie de perfil do seu negócio, que aparece quando a pessoa busca por ele no Google.

17 – Alimente o Google Meu Negócio

Mantenha todas as informações de contato e endereço atualizadas e periodicamente faça posts na plataforma.

18 – Nas consultas, solicite a seus pacientes que deixem uma avaliação sua no Google

Depois de uma consulta, instrua seus pacientes a deixarem uma avaliação do seu atendimento no Google meu negócio, as avaliações ficam registradas e mostram a clientes em potencial a qualidade de determinado negócio. Eles podem dar notas de 1 a 5 e deixar comentários sobre o atendimento.

19 – Colete depoimentos de seus clientes

Você pode utilizar comentários positivos feitos nessas avaliações do Google (e também comentários positivos nas redes sociais) como depoimentos de clientes, em uma seção dedicada a isso em seu site. Mas, lembre-se de manter o anonimato! E evite também expressões como “o único”, “o melhor médico”, “resultados garantidos”, entre outras, vetadas pela regulação do CFM.

20 – Presença nas redes sociais

Com a quantidade gigantesca de pessoas que interagem diariamente com as redes sociais, é essencial marcar sua presença nelas. Não deixe suas redes esquecidas!

21 – Interaja com o seu público

Não basta apenas publicar o conteúdo e deixá-lo parado, curta e responda comentários e mensagens diretas.

22 – Tire dúvidas do seu público

Deixe claro que as redes sociais são um espaço para seu público tirar dúvidas – seja por caixas de perguntas, comentários, ou mensagens diretas.

23 – Use a caixa de perguntas do Instagram

Uma ferramenta excelente para tirar dúvidas do público é a caixa de perguntas dos stories no Instagram.

24 – Utilize o feed e os stories do Instagram para finalidades diferentes

Em geral, é interessante utilizar o feed para posts mais elaborados, com um conteúdo mais planejado e os stories para conteúdos mais espontâneos.

25 – Crie conteúdo que tenha valor, evite posts muito comerciais

É importante que seu conteúdo seja informativo e tenha valor para o público e não seja muito comercial, empurrando uma “venda”. Em primeiro lugar, porque o CFM proíbe este tipo de conteúdo, e em segundo porque ele geralmente não traz bons resultados, mesmo em segmentos em que esse tipo de post é permitido.

26 – Use hashtags em suas redes sociais

O uso de hashtags é imperativo e ajuda seu conteúdo a encontrar pessoas interessadas nele de forma orgânica. Pesquise as hashtags mais populares que tenham relação com o tema do post e inclua sempre na legenda ou primeiro comentário.

27 – Utilize os stories

Não caia na besteira de ignorar os stories como ferramenta de marketing. Ele é o seu conteúdo que mais tem alcance.

28 – Mostre o seu dia a dia

Um conteúdo interessante para compartilhar nos stories é o seu dia a dia profissional. Behind the scenes do seu negócio.

29 – Faça lives

Aproveite o recurso de lives para gerar conteúdo com o qual seus seguidores podem interagir em tempo real.

30 – Faça parcerias com outros médicos e criadores de conteúdo da plataforma

Combine de fazer live e gerar conteúdo em conjunto com outros médicos e criadores relevante aos temas de seus posts. Isso ajuda a divulgar o perfil para um novo público.

31 – Vídeos engajam muito mais com o público, explore o formato.

Algum tema é muito complexo para ser explicado em texto? Sua especialidade tem visuais atrativos? Podem ser excelentes oportunidades para gravar um vídeo para as suas redes sociais. Pode ser um vídeo curto, para feed do Instagram ou Reels, ou mais complexo para IGTV ou YouTube.

32 – Utilize todos os recursos de cada plataforma

Sites de redes sociais sempre estão lançando novas funcionalidades. Por exemplo, o Reels, no Instagram. São vídeos curtos, que geram alto engajamento. Do mesmo modo, novas redes sociais são criadas e encerradas – como o TikTok e o ClubHouse. Aproveite todas as possibilidades para enriquecer seu conteúdo, desde que as redes/ferramentas sejam relevantes para a sua estratégia.

33 – Utilize o Youtube.

Quando o assunto é vídeo, nenhuma plataforma bate o Youtube. Crie conteúdo próprio para ele, levando em consideração sua linguagem e público.

34 – Comente assuntos em alta  no Youtube

Procure comentar com seu expertise médico assuntos do momento, para atrair mais interesse do público.

35 – Faça anúncios patrocinados no Google e Youtube.

Os anúncios patrocinados aparecem em destaque na busca do Google. Por isso, são importantes para atrair potenciais clientes. No YouTube, você pode aproveitar os anúncios antes dos vídeos – principalmente os primeiros segundos, para cativar seu público e estimulá-lo a visitar seu canal ou seu site, por exemplo.

36 – Impulsione posts no Facebook e Instagram através dos patrocínios

Quando você impulsiona um post, ele é divulgado para mais pessoas nas redes sociais. Ou seja, você recebe mais curtidas, comentários e seguidores. O interessante é combinar posts orgânicos (sem patrocínio) com posts impulsionados nas plataformas.

37 – Utilizar plataformas de terceiros também pode trazer bons resultados

Quando o assunto é Marketing para Médicos, não tem como não falar de plataformas dedicadas a essa finalidade. Utilizar plataformas de terceiros que agregam resultados de pesquisa, como por exemplo o Doctoralia, podem trazer bons resultados. Essas soluções são especialmente úteis quando se fala de buscas que pacientes em potencial realizam por profissionais. É uma boa ferramenta quando utilizada em combinação com as outras ações de marketing.

38 – Organizar seu conteúdo por blocos temáticos incentiva seus seguidores e inscritos a interagirem com você.

Na produção do seu conteúdo é interessante adotar um formato de ”blocos temáticos periódicos”, assim como um programa de TV. Por exemplo, um nutrólogo pode dedicar um dia específico da semana para fazer um vídeo com a “receita da semana” ou ter um dia dedicado a responder perguntas dos seguidores.

39 – Mantenha seu conteúdo atualizado

Fez um post no seu blog no ano passado e a ciência descobriu uma nova informação sobre este assunto? Edite a publicação, para que seu visitante tenha as melhores informações possíveis sobre cada tópico. 

40 – Tenha paciência

Disciplina e resiliência são chaves! No começo, sua live pode ter pouco público, ou seus posts poucas curtidas ou comentários. Mas, criando conteúdo inteligente e que agrega valor, você certamente terá resultados em sua estratégia de marketing médico. 

O tempo está curto para gerenciar tudo?

Podemos te ajudar a gerenciar seu personal branding e seu marketing!

Se você ainda não tem experiência desenvolvendo conteúdo de marketing para médicos, pode parecer complicado no início, mas com prática e dedicação, fica mais fácil! Dependendo do caso e dos seus objetivos, certamente é interessante contar com apoio profissional para desenvolver sua estratégia e colocá-la em prática.

Pesquisar:
Conheça a Cronic:
Leia mais:
4 Dicas práticas para otimizar Sites e Blogs

4 Dicas práticas para otimizar Sites e Blogs

Se você produz conteúdo, saiba que já está a um passo frente de muitos concorrentes. Agora se procura otimizar seus conteúdos para garantir os resultados da sua estratégia, está no post certo! Conforme a ascensão da internet e dos mecanismos de busca aconteceram, as...

ler mais
Siga o nosso insta:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *