WooCommerce e Magento – ambos são excepcionais quando o assunto é quais recursos podem ser utilizados, além de serem extremamente populares. Não é fácil escolher o melhor, e ao comparar as características de cada plataforma pode gerar uma grande confusão na sua mente, sem ter a mínima ideia de qual escolher para o seu site.

Mas para sua felicidade, estamos aqui para te ajudar a escolher de forma inteligente. Não há uma solução definitiva quando falamos de comércio eletrônico, mas você sempre pode fazer a escolha certa para suas necessidades exclusivas, desde que você tenha em mente quais são elas okay?

Toda plataforma tem seu próprio grupo de fãs que defendem a sua utilização, e afirmam que é a melhor. Mas nós decidimos percorrer todas as qualidades dessas plataformas para te dar uma opinião imparcial a fim de que você teme a sua decisão.

Neste artigo, vamos comparar o WooCommerce vs Magento – as principais características de cada um, o desempenho, a segurança, os preços, as facilidades para os iniciantes e até mesmo gerenciamento de produtos. Quando você terminar de ler, você saberá exatamente qual solução é ideal para você. Então vamos começar a destrinchar esse mistério!

Magento ou Woocommerce?

Entre em contato conosco e avaliamos para você!

Entre em contato agora

Qual é o destaque sobre o WooCommerce vs Magento?

 

WooCommerce

O WooCommerce é um plugin poderoso para a plataforma WordPress. Ele oferece todos os recursos que você precisa de uma solução de comércio eletrônico, mantendo a facilidade de uso de sua plataforma principal.

Magento

Magento é uma plataforma de comércio eletrônico adaptada a profissionais de desenvolvimento web e lojas online de médio a grande porte. Ele oferece um dos conjuntos de recursos mais robustos no campo, o que o torna ideal para lojas com altas perspectivas.

WooCommerce vs Magento: Uma olhada sobre as características de cada um

 

  • WooCommerce

  • Plataforma totalmente gratuita.
  • Requer que você encontre seu próprio host.
  • Suporta produtos ilimitados.
  • Suporta quase todos os temas do WordPress e oferece uma infinidade de opções de personalização.
  • Vem com um sistema de extensão e centenas de opções.
  • Inclui recursos básicos de segurança para proteger sua loja.
  • A plataforma é extremamente fácil de usar.
  • Magento

  • Oferece uma versão gratuita da comunidade, bem como vários serviços premium.
  • A versão da comunidade é auto-hospedada, mas suas ofertas premium incluem hospedagem.
  • Permite adicionar produtos ilimitados.
  • Oferece um sistema baseado em tema e uma variedade decente de opções.
  • Suporta extensões e oferece uma grande variedade delas também.
  • Oferece recursos de segurança avançados, bem como pacotes dedicados para fechar as vulnerabilidades que surgem.
  • Recomendado para usuários que tenham (pelo menos) um nível básico de conhecimento de desenvolvimento web.

O que cada plataforma tem para oferecer

Agora vamos cobrir todas as informações que você precisará saber sobre ambas as plataformas. Então, analisaremos os resultados juntos e decidiremos qual deles merece o título de melhor.

WooCommerce – A página inicial do WooCommerce.

 

 

O WooCommerce é um nome familiar para a maioria dos usuários do WordPress. Esta plataforma de comércio eletrônico muito popular é o lar de quase 400 mil sites. Ele vem com quase todas as funcionalidades que você precisa para abrir uma loja online e também possui vários recursos avançados através do seu sistema de extensão.

 

Características principais:

  • Suporta um número ilimitado de produtos.
  • Vem com um sistema de extensão robusto, com base no formato de plug-in do WordPress.
  • Permite que você escolha quase todos os processadores de pagamento que você deseja por meio do uso de extensões.
  • Oferece dezenas de temas premium e gratuitos.

Prós:

  • A criação de uma loja é gratuita, além das suas despesas de hospedagem na web.
  • É fácil retirar se você tem alguma experiência com o WordPress.
  • Existe uma extensa documentação disponível para seus usuários. Além disso, você pode entrar em contato com a equipe por trás do projeto se você tiver alguma dúvida adicional.
  • Integra-se com o Google Analytics usando uma extensão.
  • Inclui suporte SSL, mas você precisa obter seu próprio certificado.

Contras:

  • Se você não usar o WordPress, precisa aprender duas novas plataformas. Sendo assim, nada melhor do que uma agência como a Cronic, que possui larga experiência nessas duas plataformas.

Preço:

Esta é uma plataforma totalmente aberta – qualquer um pode baixar e configurá-lo em qualquer servidor que desejar. Contudo, suas extensões premium tendem a ser caras e algumas exigem inscrições anuais. Além disso, seus custos de hospedagem na web dependerão inteiramente do tamanho da sua empresa e dos pacotes oferecidos pelo seu provedor.

Há um punhado de hosts da Web de qualidade que funcionam bem com o WooCommerce, mas os melhores e mais recomendados são SiteGround e InMotion. Você pode obter cerca de U$ 8 / mês (tente não optar por nenhum dos planos mais baratos, pois pode não ser otimizado para executar configurações de comércio eletrônico).

Magento – A página inicial do Magento.

 

 

Considerando que o WooCommerce conta-se como uma solução comunitária, o Magento está mais orientado para as empresas. No entanto, isso não significa que as pequenas empresas também não podem se beneficiar da sua funcionalidade. O Magento oferece uma edição comunitária gratuita – que é muito poderosa por conta própria – e uma edição Enterprise para grandes empresas. Para essa comparação, focaremos os recursos da Community Edition.

Características principais:

  • Suporta um número ilimitado de produtos, pois qualquer plataforma respeitadora de auto-hospedagem precisa suportar!
  • Vem com seu próprio sistema de layout.
  • Inclui APIs eficientes que podem se conectar a qualquer solução de terceiros.
  • Interfaces de administração intuitivas e ferramentas de criação de produtos.

Prós:

  • É construído para escalabilidade. A Magento não deve ter problemas para lidar com grandes lojas, desde que seu host possa gerenciá-las.
  • Os compradores podem verificar mais rápido graças a um processo simplificado. Além disso, o check-out de clientes está ativado por padrão.
  • Integra-se com o PayPal, Authorize.Net e Braintree a partir do caixa.

Contras:

  • Magento é mais direcionado para os desenvolvedores do que para os usuários regulares por conta da sua curva de aprendizado íngreme.
  • A Enterprise Edition pode ser bastante dispendiosa, mas isso deve ser esperado devido ao seu mercado-alvo.

É bom para iniciantes?

Olhando de fora, o Magento não parece ser tão amigável para iniciantes quando olhamos através da lente da comparação WooCommerce vs Magento. No entanto, os usuários podem superar isso, em relação à extensa documentação – e a plataforma oferece vantagens adicionais para aqueles que conseguem. É perfeito para usuários ambiciosos que querem crescer com suas lojas rapidamente e quem também tem o tempo necessário para dominar a plataforma.

Preço:

O Magento’s Community Edition é de código aberto e gratuito para qualquer um usar, portanto seu único custo será baseado em seu provedor de hospedagem atual. Por outro lado, os usuários que estão interessados ​​na Enterprise Edition terão que gastar uma boa grana.

E o desempenho?

O tempo de carregamento é um grande negócio para qualquer site, mas duplamente para o comércio eletrônico. Se o seu site leva muito tempo para carregar ou se ficar lento, algumas pessoas vão desistir, levando seu dinheiro – e, finalmente, sua renda – com eles.

Quando se trata de desempenho, é complicado descobrir qual solução é o melhor. Cada loja online – independentemente da plataforma – se comportará de forma diferente devido à sua funcionalidade e tamanho. Além disso, há vários outros fatores em jogo aqui, como sua escolha de provedor de hospedagem na web, se você está usando uma rede de entrega de conteúdo (CDN), ou mesmo se suas imagens estão otimizadas.

Para simplificar, o desempenho de sua loja online dependerá principalmente de você e do seu provedor de hospedagem. Sendo assim, nesse quesito, temos um empate.

E quanto à segurança?

A importância da segurança quando se trata de plataformas de comércio eletrônico não pode ser exagerada. Os clientes esperam que suas informações privadas e detalhes de pagamento sejam protegidos – e você precisa oferecer essa segurança.

Da mesma forma que o desempenho, a segurança da sua loja online depende em grande parte de você. Tanto o WooCommerce quanto o Magento permitem implementar várias medidas de segurança avançadas, mas principalmente através de extensões e ajustes manuais. No entanto, enquanto nenhuma plataforma pode ser 100% segura, a Magento assume a liderança neste aspecto, oferecendo pacotes de segurança dedicados aos seus usuários.

A desvantagem aqui é que os pacotes de segurança Magento não são particularmente fáceis de aplicar. Os novatos do comércio eletrônico podem se sentir sem capacidade para trabalhar nesse aspecto ou fazendo isso por conta própria, o que, por sua vez, leva a uma quantidade significativa de lojas Magento operando de forma desatualizadas.

No entanto, se você levar a segurança a sério – e você tem alguma experiência com o desenvolvimento da web (ou não se importa de pagar por ajuda) – Magento é o vencedor claro.

E quanto ao gerenciamento de produtos?

Se você está procurando uma loja de comércio eletrônico perfeita, é provável que uma boa gestão de produtos seja exibida em sua lista de prioridades. O WooCommerce oferece uma abordagem plena para o gerenciamento de produtos, com opções para produtos físicos e digitais. Configurar novos itens é notavelmente simples, especialmente se você já está familiarizado com o WordPress. Além disso, você sempre pode expandir a funcionalidade da plataforma usando extensões como Product Add-Ons.

A extensão de complementos do produto para o WooCommerce.

O Magento, por outro lado, oferece vários recursos que o WooCommerce falta sem comprar extensões adicionais. Por exemplo, ele suporta avaliações de produtos, itens agrupados, listas de desejos, regras de preços avançadas e personalização de produtos. É claramente uma vantagem em termos de funcionalidade – mas com isso traz uma curva de aprendizado mais específica.

Em geral, o WooCommerce é a melhor escolha para os usuários que não precisam de recursos avançados em suas lojas de fora. Ele permite que você consiga uma loja em funcionamento rapidamente, o que é preferível para pequenos empreendimentos, e você pode optar por expandir seus recursos mais tarde, usando extensões.

E quanto ao preço?

A última comparação-chave quando se trata de escolher entre o WooCommerce e o Magento, é o seu orçamento. Como mencionado anteriormente, o WooCommerce é completamente gratuito, enquanto o Magento oferece apenas uma versão gratuita da comunidade junto com vários serviços premium. Infelizmente, os preços das opções premium do Magento só são acessíveis através de um bate-papo com sua equipe de vendas.

De qualquer forma, é perfeitamente possível obter uma loja online funcionando com ambas as plataformas sem gastar um único centavo, além dos custos de hospedagem na web é claro. Quanto custa manter sua loja em funcionamento dependerá em grande parte da sua escolha de provedor de hospedagem.

Sendo assim, mesmo que ambas as plataformas sejam praticamente gratuitas, os custos podem ser maiores se você depender demais das extensões. Há diversas extensões gratuitas para o Magento e o WooCommerce, mas as ofertas premium tendem a ser bastante caras.

Duas extensões pagas para o Magento.

Se você precisar adicionar funcionalidades extras ao seu site, certifique-se de pesquisar quais extensões você precisará antes de se comprometer com qualquer plataforma e comparar os preços deles. Dessa forma, você terá a funcionalidade que você precisa, sem fazer gatos desnecessários.

De todos os pontos comparados, tanto o WooCommerce quanto o Magento são excelentes opções para lojas on-line. À medida que você desenvolve a sua loja, o WooCommerce continua a ser a alternativa mais barata, já que não precisa instalar versões mais potentes (e premium) da plataforma, como pode ser o caso do Magento.

Hospedar uma loja do WooCommerce também é provável que seja mais barato e mais fácil, pois mais e mais hosts sabem como otimizar suas plataformas para o WordPress nos dias de hoje. Conforme pode-se ver acima, você pode obter um host de qualidade por cerca de U$ 7,95 por mês de uma empresa como SiteGround (um dos host mais recomendado).

WooCommerce vs Magento: e o vencedor é…

No que diz respeito aos empresários iniciantes, a escolha é simples – o mais recomendado é o WooCommerce. É fácil de usar e barato para configurar, o que o torna perfeito para pequenas e médias operações de comércio eletrônico que precisam de uma plataforma robusta, completa e de baixo custo. Ele permite que seus usuários configurem quase qualquer tipo de loja online.

Magento ou Woocommerce?

Entre em contato conosco e avaliamos para você!

Entre em contato agora

Outras opiniões: